Narciso Ferreira

Narciso FerreiraNarciso Ferreira nasceu em Pedome, freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão, a 7 de Julho de 1862 e morreu a 23 de Março de 1933 (84). “Começou a trabalhar muito novo, vendendo fazendas pelas localidades circunvizinhas da sua terra natal. Um dia resolveu montar uma pequena fábrica manual de tecidos de algodão.
Os seus conhecimentos técnicos levaram-no a montar na margem do Ave a sua primeira fábrica mecânica, que pela grandeza e prosperidade atingida foi sucessivamente dotada de novas oficinas. O modesto comerciante tornou-se então no maior industrial português no ramo têxtil” (85).
“Já em 1902 Narciso Ferreira era um activo industrial e possuía a importante fábrica de fiação de Riba d’Ave da Firma Sampaio, Ferreira e Cª” (86).
Mais uma personagem Famalicense de renome nacional e internacional, sem dúvida um dos maiores industriais do nosso país, sendo o mais importante da indústria têxtil. Já no início do século XX era o maior industrial do Norte, segundo nos informa o jornal regional «Estrella do Minho». ” A importante fábrica de fiação e tecidos dos srs. Sampaio, Ferreira e Cª, em Riba de Ave, formando honrosamente ao lado das mais esperançosas empresas industriais do norte do país, é contudo a mais importante do Rio Ave e do nosso concelho… Tem cerca de 600 operários” (87).
Devo salientar que todas as empresas de Narciso Ferreira se situavam na zona de Riba de Ave, freguesia pertencente ao concelho de Vila Nova de Famalicão com muitas tradições no ramo da indústria têxtil, assim como Santo Tirso e Guimarães.
É referenciado várias vezes no jornal local onde se lê noticias sobre compras de mais terrenos para a construção de fábricas, bem como a compra de quedas de água no Rio Ave, onde Narciso Ferreira fazia as suas mini-hidrícas para obter a electricidade necessária para o funcionamento das suas fábricas, ainda hoje se podem ver as belas mini-barragens do rio Ave, Tanto em Riba d’Ave como em Bairro, freguesias do concelho de Famalicão.
Narciso Ferreira para além de ter sido um grande benemérito na sua terra, Riba de Ave e freguesias vizinhas, todas do concelho de Famalicão.”Foi notável a sua acção beneficente construindo o hospital de Riba de Ave…
Construiu cinco grandes bairros operários, uma creche, um quartel para a Guarda Nacional, fundou escolas em várias localidades” (88).
“Daqui se infere que às fábricas de Riba d’Ave e Caniços se deve um factor importantíssimo para a economia do nosso concelho de Famalicão” (89).
“O governo, reconhecendo os altos serviços prestados por Narciso Ferreira às indústrias e seus actos de generosidade, galardoou-o com a grã-cruz das Ordens de Mérito Industrial e Benemerência.*
__________________
(83) Aurélio Fernando – Riba de Ave em Terras de Entre Ambas as Aves, Riba de Ave , Ext. Delfim Ferreira, 1994, vol II, p 15.
(85) Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira – Lisboa, Ed. Enciclopédia Lda., s/d, vol 11, p. 177
(86)in Estrella do Minho-Famalicão,12/Out/1902,”Narciso Ferreira”.
(87)Idem, … 5/Fev./1905, “Fábrica de Riba d’Ave”, p.1.
(88)Grande enciclopédia Portuguesa e Brasileira-Lisboa, Ed. Enciclopédia Lda., s/d, Vol 11, p. 177.
(89)in Estrella do Minho-Famalicão,17/Mar/1907,”Narciso Ferreira”.
(*)CARNEIRO, Eduardo Manuel Santos (1997) -“Actividades Sócio-Culturais, Comerciais e Personalidades de Vila Nova de Famalicão no Início do Século XX”, Boletim Cultural nº 14, C.M.F., V. N. Famalicão.

ecfamalic – famalicão

Anúncios

Etiquetas: ,

15 Respostas to “Narciso Ferreira”

  1. Alfredo Ramos Anciães Says:

    Caro Eduardo,

    Foi bem merecido o galardão. O poder político, bem como a população também lhe souberam ficar gratos. É mais um icon que revela o dinamismo da sua terra.

    Cumprimentos

    fred

  2. Olinda Says:

    Olá Eduardo

    Então mudaste o teu blogue?
    Já não tens os blogues do Sol?
    Gostei de saber deste grande homem de Pedome pois dei aulas lá por perto há muitos anos, em Pevidém.
    Beijinhos

  3. Irene Borges Says:

    Viva, caro Eduardo Carneiro.

    É bom vê-lo por estas paragens. Confesso que fiz a minha inscrição aqui mas ainda não publiquei. Será proximamente.
    Neste seu blogue, como outros, o da Olinda Gil, p.e. vamos aprendendo sobre personagens do nosso passado que deixaram marcas e revendo a história (nas fichas da prof. Olinda)

    Um abraço,
    Daniela

  4. Daniel Costa Says:

    Foi do meu gosto tomar conhecimento desta personalidade.
    Além de dar um uma passagem por Riba D’Ave que não conheço, aprecio muito biografias.
    Abraço
    Daniel

  5. Olinda Says:

    Venho desejar um Santo Natal a toda a vossa família!
    Beijinhos

  6. António Justo Says:

    Fantástica a ideia! É importante valorizar as regiões!
    Bom Natal
    António Justo

  7. Helder Fráguas Says:

    Aprendi muito
    Helder Fráguas

  8. Jorge Carvalhal Says:

    Bom dia. Peço desculpa pela intrusão, mas vi que estava a par do blog da Porfª Celeste Coutinho e eu queria falar com ela sobre os símbolos no granito na Serra da Senhora da Azinheira.
    Não querendo fazer de si pombo correio, pedia que lhe transmitisse um recado porque penso que talvez possa ser útil para a investigação dela.
    Seria possível que lhe fornecesse o meu contacto de correio electrónico e lhe explicasse a situação?
    Peço desculpa pelo incómodo mas não me foi possível criar uma conta por problemas no sistema e foi a única pessoa que encontrei nos comentários do Blog da Profª Celeste que aceitava comentários de pessoas que não estavam registadas neste sistema…
    Não querendo fazer de si pombo correio, pedia que lhe transmitisse o recado porque penso que talvez possa ser útil para a investigação dela.

    Sem mais, despeço-me com atenção.

    Jorge Carvalhal

  9. Olinda Says:

    Vai ao blogue do Serrano:

    http://sol.sapo.pt/blogs/oserrano/archive/2010/01/25/Respingos-do-Douro-_2D00_-Os-dois-da-Serra-por-terras-do-Montemuro.aspx?CommentPosted=true#commentmessage

    que talvez gostes de ver como vai andando um assunto que nasceu a brincar.

  10. Eduardo Carneiro Says:

    Agradeço todas as visitas ao blog, assim como os comentários a este post.

    ecfamalic.com

  11. Olinda Says:

    “Desde que assumiu funções no final de Outubro., o segundo Governo de José Sócrates ainda não teve tempo para aprovar o OE 2010, mas já nomeou 1361 pessoas, das quais 323 sem qualquer vínculo à Administração Pública. Entre os 1361, há 167 adjuntos, 265 assessores/colaboradores/consultores, 265 administrativos, 132 secretárias e 114 motoristas. A avaliar pelos despachos de nomeação em Diário da República, a maioria omissos quanto aos curricula dos agraciados, Cada um dos 55 membros do actual Governo já nomeou, em média, 18,2 pessoas para os respectivos gabinetes, ultrapassando as 1094 do primeiro Governo Sócrates e batendo os records de Santana Lopes (1034 nomeações) e Durão Barroso (1260).”
    In, opaisdoburro

  12. Eduardo Santos Carneiro Says:

    Agradeço todas as visitas ao blogue e comentários ao post…

    Muito obrigado.

    Eduardo Santos Carneiro

  13. Os números de 2010 « HistóriGeo – Portugal Says:

    […] The busiest day of the year was 22 de Março with 67 views. The most popular post that day was Narciso Ferreira. […]

  14. Personalidades e Famalicenses Ilustres neste blog « HistóriGeo – Portugal Says:

    […] Narciso Ferreira; […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: